Desde seu surgimento no séc. XVII, a bicicleta vem evoluindo e sendo utilizada como meio de transporte através dos tempos em vários países. Hoje elas são vistas rodando pela cidade nos fins de semana, como uma maneira saudável de relaxar e esquecer um pouco as preocupações da semana.

Mas o lazer não está só em andar pela cidade, pois é perfeitamente possível e mais saudável andar pelos arredores dela, ou ainda, se desejar, ir até mais longe passando por outras cidades e regiões. Então, por que não utilizar a bicicleta para realizar viagens ou passeios fora dos grandes centros urbanos? Assim você pode ter um maior contato com a natureza, com as pessoas, com a cultura e costumes dos lugares por onde estiver passando.

Essa atividade, viajar de bicicleta, chama-se cicloturismo e vem ganhando cada vez mais admiradores em todo o mundo.
O cicloturismo está ao alcance de qualquer pessoa, sendo necessário ter apenas uma boa bicicleta, espírito de aventura e a vontade de sair por aí e curtir uma experiência muito agradável e prazerosa.

Para viajar em uma bicicleta não é necessário ser um atleta como muitos imaginam, ao contrário, por ser uma atividade de turismo o importante é observar a paisagem (riachos, montanhas, árvores e trilhas), animais e tudo o que a natureza nos oferece. Por esses motivos a velocidade aqui é o menos importante.
O legal é aproveitar muito bem tudo isso, na companhia de amigos ou familiares, seja num simples passeio de algumas horas ou em uma viagem mais longa.

Em qualquer um desses casos é preciso que se faça um certo planejamento, como por exemplo: onde será a saída e a chegada? Qual estrada ou trilha a ser utilizada? Será preciso ter o acompanhamento ou o resgate de um veículo?
Lembre-se sempre de levar água e alguns acessórios básicos para a manutenção de sua bike caso seja necessário, como: bomba de ar, câmara de ar, kit para remendos, etc.
Ao escolher um percurso, mesmo que seja curto, é fundamental ter ao seu lado um companheiro, tanto pela companhia como pela ajuda que este poderá prestar em certas situações.

As bicicletas “Mountain Bike” são as mais indicadas para a prática do cicloturismo devido a sua alta resistência, elevada capacidade de carga e adaptabilidade a vários tipos de terrenos. Mas isso não impede que se realize uma viagem ou passeio com outro tipo de bicicleta, basta tomar o cuidado de se fazer um roteiro compatível com os limites dela; por exemplo: o tipo de terreno por onde pretende passar.

Comece por fazer roteiros curtos nas redondezas da sua cidade e se achar necessário conheça o percurso de carro antes de fazê-lo em bicicleta.
Ah! Não se esqueça de levar uma máquina fotográfica para registrar sua aventura.

E então, vamos nessa?


Página Anterior
Página Inicial